Dois Riachos: após fortes chuvas, açude do Pai Mané começa a sangrar

13 jun 2017 | 19:04

Foto panorâmica do povoado Pai Mané (Créditos: Drone Agenda Alagoas)

Importante reservatório do baixo Sertão alagoano, o açude do povoado Pai Mané, na cidade de Dois Riachos, ultrapassou a capacidade máxima de armazenamento e começou a sangrar na manhã desta terça-feira(13). A sangria já era esperada, depois do aumento no volume do açude com as fortes chuvas.

Com o sangramento, a água vai seguir pelo riacho e formar uma cachoeira logo abaixo do reservatório.

Após fortes chuvas, açude do Pai Mané começa a sangrar (Créditos: Hugo Santos)

Com esse novo cenário o local ganhou vida e hoje é visitado todo fim de semana por moradores de cidades vizinhas. Os bares que ficam à margem da represa já registram um grande aumento na clientela. 

Há dois meses atrás o açude estava com a sua menor capacidade desde que foi construído, em 1957 pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS.

Em reportagem veiculada pelo Agenda Alagoas no começo do ano, foi exposta a triste realidade que o açude passava, com água imprópria para o consumo humano e até mesmo para animais (confira AQUI a matéria)

Confira abaixo o vídeo especial com imagens aéreas dos açudes de Cacimbinhas e do Pai Mané. 

 

Da redação | Adrianu Santos

 

Após fortes chuvas, açude do Pai Mané começa a sangrar (Créditos: Hugo Santos)

Após fortes chuvas, açude do Pai Mané começa a sangrar (Créditos: Hugo Santos)

Após fortes chuvas, açude do Pai Mané começa a sangrar (Créditos: Drone Agenda Alagoas)

Comentários ()